top of page
Fundo .png

Parcelamento extrajudicial de créditos inscritos em dívida ativa das autarquias e fundações

Foi publicada, no dia 08.11.2022, a Portaria Normativa PGF/AGU 035/2022 da Procuradoria Geral Federal (PGF), regulamentado o parcelamento extrajudicial simplificado de créditos inscritos em dívida ativa das autarquias e fundações públicas federais, concedido a pedido ou de ofício, de que trata o §12 do artigo 37-B da Lei 10.522/2002. A norma estabelece que poderão ser parcelados, por meio eletrônico ou presencialmente, em unidade da PGF responsável pelo domicílio do devedor, os débitos de qualquer natureza, a requerimento do devedor ou de ofício, em até 60 (sessenta) prestações mensais e sucessivas. Por outro lado, estão impedidos de pleitear esse parcelamento: i) pessoa jurídica com falência, liquidação extrajudicial ou recuperação judicial decretada, ou com cadastro baixado junto à Receita Federal do Brasil; ii) pessoas físicas com insolvência civil decretada; iii) débitos que sejam objeto de litígio judicial; iv) débitos ajuizados e garantidos por penhora, com leilão já designado; v) débitos da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios, incluindo suas autarquias e fundações pública; ou vi) créditos cujo valor consolidado indicado ultrapasse o limite de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais). Para realizar o parcelamento, o sujeito passivo deva apresentar o pedido mediante o preenchimento do Formulário de Pedido de Parcelamento Simplificado (FPPS), previsto no anexo da Portaria Normativa.

89 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
Receba nossas publicações

Obrigado pelo envio!

bottom of page